October 31, 2014

Portugal é o 25º país no Mundo onde é mais fácil fazer negócio

 Em comunicado acabado de divulgar pela aicep Portugal Global, novo reconhecimento internacional do esforço de transformação estrutural da economia nacional reforça boas perspetivas para mais e melhor investimento.


De acordo com o Doing Business 2015 divulgado pelo Banco Mundial, um dos principais indicadores de competitividade a nível internacional, Portugal é atualmente o 25º país no mundo onde é mais fácil fazer negócio.

Nesta edição, em que é adotada uma nova metodologia (em base comparável, em 2014 teria ocupado a 23ª posição) Portugal, o 11º país mais competitivo a nível da UE-28, surge melhor classificado do que países como a Holanda, a França, Espanha, Itália e a Polónia, concorrente direto na captação de investimento. Em alguns indicadores, o nosso país ocupa posições de grande destaque: de acordo com o relatório, Portugal é o 10º país entre 189 Estados analisados, e o 1º a nível da UE-28, onde é mais fácil constituir uma nova empresa.

À semelhança do que já tinha acontecido em Maio, aquando da publicação do ranking de competitividade do Institute for Management Development, em que Portugal tinha subido três lugares, para a 43ª posição (a primeira melhoria desde 2009), e em Setembro com a publicação do Global Competitiveness Report do World Economic Forum, em que o país tinha subido 15 lugares, para a 36º posição do ranking, o país voltou a ver reconhecido internacionalmente o esforço de transformação estrutural da economia nacional ocorrido nos últimos anos.

Portugal reconquistou a sua credibilidade internacional e é hoje um País percecionado como mais competitivo. Mantendo o ímpeto reformista, Portugal poderá vir a registar ganhos adicionais de competitividade nos próximos anos, atraindo mais e melhor investimento.

A AICEP tudo continuará a fazer para contribuir para este desígnio nacional, ajudando a criar a riqueza e o emprego que conduzirão à melhoria sustentada do nível de vida da população.

Programa AEIOU Uma história para crianças na CIRV-F










Todos os domingos, às 17:15, na CIRV-FM, numa iniciativa que conta com a colaboração da Coordenação do Ensino Portuguêsno Canadá, será lida uma história infantil por Inês Cardoso, docente na Universidade de York.

ESTEJA ATENTO!



Entrega de certificados de língua portuguesa em Waterloo e Toronto






A Coordenação do Ensino Português no Canadá informa que, no próximo dia 1 de novembro, pelas 14:00, terá lugar no St. Louis Main Campus, a cerimónia de entrega de certificados de proficiência em língua portuguesa aos alunos da região de Waterloo aprovados nas provas de certificação de junho deste ano.

Na segunda-feira, dia 3 de novembro, às 18:00, será a vez de os alunos de Toronto receberem os seus certificados, numa cerimónia que terá lugar no Consulado Geral de Portugal. Ambas as cerimónias contarão com a presença do Cônsul-Geral de Portugal, Dr. Luís Barros.

CRISTINA BRANCO EM TORONTO











O Consulado-Geral convida a comunidade portuguesa do Ontário para um concerto, com admissão grátis, com a fadista Cristina Branco, acompanhada pelo pianista João Paulo Esteves da Silva no dia 27 de novembro de 2014, pelas 19H00, no Glenn Gould Studio (250 Front Street West, Toronto).

A apresentação do concerto, com admissão gratuita, insere-se no plano de atividades culturais do Consulado-Geral patrocinado em grande parte por um conjunto de firmas luso-canadianas às quais, mais uma vez, se agradece publicamente o seu prestimoso apoio.

Para reserva e obtenção dos bilhetes de entrada para este concerto, agradece-se que contate estes serviços através do email para toronto@mne.pt. Poderá igualmente deixar o seu contato através do telefone 416 217 0971 (ext 227).

Cada interessado poderá reservar até um máximo de 2 (dois) bilhetes devendo proceder ao seu levantamento entre os dias 17 e 21 de novembro nas instalações consulares. A partir desta última data os bilhetes não levantados serão distribuídos gratuitamente a outros interessados.

Sob coordenação e organização da Embaixada de Portugal em Otava, com o apoio do Camões I.P. e a colaboração dos Consulados Gerais de Portugal em Toronto e Montreal, Cristina Branco e João Paulo Esteves da Silva realizam igualmente concertos em Montreal e Otava, nos dias 28 e 29 de novembro, respetivamente.

Visualize aqui o folheto de divulgação do espetáculo.



October 30, 2014

Falecimento do Comendador José Mário Coelho

O Cônsul-Geral de Portugal e todos os funcionários do Consulado-Geral exprimem à família do Senhor Comendador José Mário Coelho, os seus mais sentidos pêsames, partilhando da sua dor e homenageando as suas altas qualidades profissionais e de sensibilidade humana que lhe granjearam o respeito de todos.

Fazem-se assim também extensivas à Comunidade Portuguesa do Ontário as mais sentidas condolências pela perda deste seu ente tão querido.


October 29, 2014

Presença consular em BRAMPTON, dia 8 de novembro

sábado, 8 de novembro, das 13 às 19 horas

Uma equipa consular estará em Brampton:

Vasco da Gama Cultural Centre of Brampton
25 Fisherman Dr, Unit 19-21 Brampton, ON L7A 1C9

Os cidadãos portugueses poderão ali deslocar-se para solicitarem informações e prática de actos consulares, designadamente:

a) Passaportes
b) Cartões de cidadão
c) Procurações;
d) Recenseamento eleitoral;
e) Reconhecimento de assinaturas,
f) Outros actos de registo civil e notariado;
g) Pensões e apoio social

O atendimento dos utentes é feito por ordem de chegada, não havendo lugar a marcações prévias.

Para a prática dos actos devem ser portadores dos respectivos documentos de identificação (BI’s ou passaportes), ainda que caducados. No caso de reformas também é necessário o cartão do contribuinte ou documento equivalente.

No momento do atendimento serão recolhidos os elementos necessários e preenchidos pelos utentes os documentos indispensáveis, sendo-lhe entregues pelo funcionário consular comprovativo de recepção dos mesmos. Os passaportes e cartões de cidadão são requeridos no momento sem necessidade dos utentes trazerem fotografias.

Os pagamentos poderão ser efetuados em cheque à ordem do Consulado-Geral de Portugal em Toronto ou através de cartão de débito. Não se aceitam pagamentos em dinheiro.

Os funcionários em serviço procederão posteriormente, com a maior brevidade possível, à prática dos actos nas instalações do Consulado Geral em Toronto, devolvendo aos utentes os documentos solicitados. Os passaportes e cartões de cidadão poderão ser entregues no Consulado ou entregues por empresa ou correio canadiano.



COMPAREÇA. ESTAREMOS AO SEU SERVIÇO

October 24, 2014

PARLAMENTO DOS JOVENS 2014-2015




Decorre a fase de inscrição das escolas interessadas em participar no «Parlamento dos Jovens 2014-2015», uma iniciativa da Assembleia da República, em parceria com a Direção Geral dos Estabelecimentos Escolares – MEC, a DGACCP, o Instituto Português do Desporto e da Juventude e as Direções Regionais da Educação das Regiões Autónomas dos Açores e da Madeira.

Tem como objetivos principais educar para a cidadania, estimulando o gosto pela participação cívica e política; dar a conhecer a AR; promover o debate democrático e incentivar o debate e a reflexão.

O programa culmina com a realização de duas sessões nacionais na Assembleia da República, uma destinada ao ensino básico e outra ao ensino secundário, cada com um tema próprio:

- Ensino Básico: «Combate ao Insucesso Escolar»
- Ensino Secundário: «Ensino Público e Privado»

Esta iniciativa contempla igualmente os círculos eleitorais da Europa e Fora da Europa. O período de inscrição para os participantes situados naqueles círculos, foi este ano, excecionalmente alargado duas semanas, isto é, até dia 10 de novembro de 2014. É imprescindível o respeito pelo cumprimento deste prazo, de modo a permitir o envio dos resultados das sessões escolares dentro do calendário vigente (até 27 de janeiro de 2015).

As Escolas e Associações das Comunidades Portuguesas que ministrem cursos de língua e cultura portuguesas podem solicitar a sua inscrição enviando um e-mail para parlamento.jovens@ar.parlamento.pt (com conhecimento a emi@mne.pt).


Clique aqui para informações pormenorizadas sobre a inscrição.




Entre Margens e Memórias: Representações da Diáspora

A Universidade de Toronto, a Universidade de York e o Camões, Instituto da Cooperação e da Língua têm o prazer de anunciar o programa “Entre Margens e Memórias: Representações da Diáspora”. Este inclui mesas-redondas, projeções de filmes e exposições, através das quais se pretende promover uma reflexão aberta e crítica sobre a Diáspora de expressão em língua portuguesa.
Consulte o calendário geral dos eventos.
A entrada é livre e todos são bem-vindos!

November 2 to December 1, 2014

York University & University of Toronto


 



























October 23, 2014

FESTIVAL DE CINEMA DA UNIÃO EUROPEIA

Com admissão grátis para todos os filmes, decorre em Toronto, de 15 a 30 de novembro de 2014, no Cinema Royal (608 College St. West), a 10ª edição do Festival de Cinema da União Europeia (European Union Film Festival).

  

Sob patrocínio do Camões,I.P. e com a colaboração da Embaixada de Portugal em Otava, o Consulado-Geral de Portugal em Toronto apresenta:



terça-feira, 18 de novembro, pelas 20H30

Royal Cinema (608 College St. West)

Tuesday, November 18, 2014, at 8:30 pm

Um filme de Ruben Alves, com Rita Blanco, Joaquim de Almeida, Roland Giraud e Chantal Lauby.

Maria e José Ribeiro vivem há 30 anos num pequeno rés-do-chão de um belo edifício em Paris. A opinião no bairro sobre este casal de imigrantes portugueses é unanime: Maria é uma excelente porteira e José um ótimo capataz. O casal é tão apreciado e está tão bem integrado que se tornaram indispensáveis à vida quotidiana de todos em seu redor. Quando vêm reunidas as condições para concretizarem o seu sonho de regressar a Portugal, ninguém quer deixar os Ribeiro partir.
Será a sua família, os seus vizinhos e os seus patrões capazes de os convencer a ficar? E será que depois de todos os esforços, Maria e José vão realmente abandonar a sua preciosa gaiola dourada?



Directed by Ruben Alves, with Rita Blanco, Joaquim de Almeida, Roland Giraud and Chantal Lauby.

In an upscale Paris neighbourhood, Maria and José Ribeiro have lived for nearly 30 years in the cosy little concierge apartment on the ground floor of a handsome 19th century building.
This Portuguese émigré couple are universally liked: Maria is a diligent housekeeper, and José is a skilled handyman. Over the years, they've become an indispensable part of the daily lives of those around them. They are so highly appreciated and well integrated, that when they have a chance to fulfil their dream to return to Portugal and live a comfortable life, nobody wants to see the Ribeiros leave. Just how far will their family, their neighbours and their employers go to hold them back? And deep down, do Maria and José really want to quit France and flee their gilded cage?





October 16, 2014

BANDEIRA NACIONAL



O adequado uso da bandeira nacional encontra-se regulado pelo Decreto-Lei nº 150/87 de 30 de março.

Conforme decorre do art.º 10º do referido decreto-lei, a bandeira nacional não deve ser usada para revestir ou decorar, ou para qualquer outra finalidade que possa afetar o respeito que lhe é devido.

Aceda aqui para visualizar o Decreto.

October 15, 2014

Gabinete de Apoio ao Investidor da Diáspora

Leia aqui o último folheto, com links atualizados, do Gabinete de Apoio ao Investidor da Diáspora (GAID).
 q
O GAID, em articulação com a AICEP, tem competências na promoção, apoio e facilitação do investimento em Portugal originário das comunidades portuguesas e lusodescendentes.
Click here for the latest flyer, with updated links, from the Office for the Investor of the Portuguese Diaspora (OIPD).

The Office for the Investor of the Portuguese Diaspora (OIPD), working in tandem with AICEP (Portugal Global - Trade & Investment Agency), promotes and facilitates business links between Portuguese communities and Portugal.

Escritor Gonçalo M. Tavares em Toronto








Leia aqui o comunicado da Coordenação do Ensino Português no Canadá sobre a participação do escritor Gonçalo M. Tavares, no dia 25 de outubro de 2014, no International Festival of Authors (Festival Internacional de Autores), em Toronto e a sua presença na Casa do Alentejo, no dia 23 de outubro, pelas 18 horas.



Dia Europeu e Mundial contra a Pena de Morte











O Consulado-Geral tem o prazer de reproduzir a seguir a informação à imprensa emitida pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros, em 10 de outubro de 2014, sobre o Dia Europeu e Mundial contra a Pena de Morte:

O Governo Português associa-se plenamente às comemorações do Dia Europeu e Mundial contra a Pena de Morte, que se assinala hoje, 10 de outubro.

A pena capital viola o direito à vida, consagrado na Declaração Universal dos Direitos Humanos de 1948. Portugal, país pioneiro na abolição da pena de morte, repudia vivamente os diferentes fundamentos e motivações para a sua existência e opõe-se à sua aplicação em quaisquer circunstâncias e em todos os casos.

Neste ano em que se celebra o 25.º aniversário do Segundo Protocolo Facultativo ao Pacto Internacional sobre os Direitos Civis e Políticos, que consagra a abolição da pena de morte, o Governo Português congratula-se com o facto de mais de dois terços dos países terem já eliminado a pena de morte. Saúda também os esforços empreendidos pela União Africana no sentido de ser aprovado um Protocolo Adicional à Carta Africana dos Direitos do Homem e dos Povos sobre a abolição da pena de morte.


Portugal está empenhado em continuar a defender e a promover, nas instâncias internacionais relevantes e, em especial, nas Nações Unidas, a abolição da pena capital. Apela, assim, neste dia especial, a que todos os membros da ONU apoiem a resolução sobre a moratória à pena de morte, que será votada na Assembleia Geral das Nações Unidas em dezembro próximo, com vista a reforçar e a consolidar o vasto movimento que, em todo o mundo, apoia esta importante causa em nome da defesa da dignidade humana.

October 2, 2014

Rankings mundiais de competitividade

De acordo com o Global Competitiveness Index divulgado recentemente pelo World Economic Forum (WEF), um dos principais indicadores de competitividade a nível mundial, Portugal subiu quinze posições face à edição anterior, passando a ser considerado o 36º país mais competitivo a nível internacional (entre 144 países analisados).
  
Nesta edição 2014-2015, Portugal inverte um movimento de queda que, com exceção de 2011, se verificava já desde 2005, e regista uma classificação mais elevada do que a Polónia, por exemplo, país concorrente direto na captação de investimento. Desta feita, e à semelhança do que já tinha acontecido em maio, aquando da publicação do ranking de competitividade do Institute for Management Development, em que Portugal tinha subido 3 lugares, para a 43ª posição (a primeira melhoria desde 2009), Portugal voltou a ver reconhecido internacionalmente o esforço de transformação estrutural da economia nacional ocorrido nos últimos anos. Pela primeira vez nos últimos três anos, Portugal regista uma melhoria simultânea nestes dois importantes rankings mundiais de competitividade.

De acordo com o WEF, os três vetores em que Portugal mais deve concentrar os esforços de melhoria são: endividamento público, carga fiscal sobre empresas e carga fiscal sobre indivíduos. O excesso de endividamento público do País deve, assim, continuar a ser combatido do lado da despesa, ao mesmo tempo que, no IRC, a reforma iniciada neste ano, e que tem como objetivo levar Portugal a ter um dos regimes mais favoráveis da Europa em 2018, fará com que, em 2015, se proceda a uma descida adicional de dois pontos da taxa geral, melhorando a atratividade do fator capital (investimento). Já no IRS, perspetiva-se, logo que possível, uma redução gradual e progressiva da tributação ao longo dos próximos anos, o que melhorará a atratividade do fator trabalho.

Mantendo o ímpeto reformista, Portugal poderá vir a registar ganhos adicionais de competitividade nos próximos anos, atraindo mais e melhor investimento.

Este é um desígnio nacional a que a todos deveremos continuar associados, porque só desta forma a internacionalização crescente da nossa economia pode ser mantida, o que criará a riqueza e o emprego que conduzirão à melhoria sustentada do nível de vida da população.

September 25, 2014

Adiamento de sessão de entrega de certificados

Por motivos alheios à vontade do Consulado-Geral de Portugal, informa-se que a cerimónia de entrega de certificados aos alunos aprovados nas provas de certificação das aprendizagens em língua portuguesa, marcada para  6ª feira dia 26 de setembro corrente, não terá lugar, ficando assim adiada para data a fixar em futuro próximo.