November 3, 2016

New York Portuguese Short Film Festival




Reserva e obtenção de bilhetes gratuitos de entrada através consulado.toronto@mne.pt





Diálogos / Dialogues

Reserva e obtenção de bilhetes gratuitos de entrada através do email consulado.toronto@mne.pt


Convite da Câmara Municipal de Lisboa




A Câmara Municipal de Lisboa, como anfitriã do web summit, dedica uma receção aos portugueses e luso-descendentes que vivendo fora, se vão deslocar a Lisboa no intuito de participar neste enorme evento da cidade.

Vai acontecer, simbolicamente, na TORRE VASCO DA GAMA, Parque das Nações, entre as 18 e as 20h do dia 9 de Novembro, e serão recebidos pelo Presidente da edilidade e outras altas individualidades, num cocktail oferecido no hotel Myriad.

A organização do web summit divulga este acontecimento junto dos seus participantes, e a plataforma Lisbon Business Connections - LBC, assegura o acolhimento.

Visualize aqui o convite da Câmara Municipal de Lisboa.





October 18, 2016

Festival de Cinema da União Europeia




Com admissão grátis para todos os filmes, decorre em Toronto, de 10 a 24 de novembro de 2016, no Royal Cinema (608 College St. West), a 12ª edição do Festival de Cinema da União Europeia (European Union Film Festival).

Sob patrocínio do Camões,I.P. e com a colaboração da Embaixada de Portugal em Otava, o Consulado-Geral de Portugal em Toronto apresenta:



de Luís Galvão Teles e Gonçalo Galvão Teles, protagonizado pela atriz espanhola Ivana Baquero

domingo, 13 de novembro de 2016, às 20H30

Concebida do ADN de um cadáver da idade do gelo, Catarina cresce num palácio isolado sob a tutela de Samuel, um investigador que a usa como cobaia num projeto sobre a imortalidade humana. Aos poucos, Catarina percebe que a sua vida se cruza com a de outra mulher. Quantas vidas há dentro de uma vida?







September 28, 2016

ELEIÇÕES PARA A ASSEMBLEIA LEGISLATIVA REGIONAL DOS AÇORES – VOTO ANTECIPADO NO ESTRANGEIRO: DIAS 4, 5 E 6 DE OUTUB






O Consulado-geral faz saber que a realização da próxima eleição para a Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores se realizará no dia 16 de outubro de 2016.
2. Nestas eleições apenas poderão exercer o direito de voto os cidadãos recenseados pelos Açores que apenas poderão votar nos Açores. Nesta eleição não está previsto o voto dos eleitores recenseados no estrangeiro.
3 . A Lei porém permite que cidadãos recenseados pelos Açores e circunstancialmente no estrangeiro no dia 16 de outubro possam exercer o seu direito de voto, por antecipação, no estrangeiro. Nos termos dos n.ºs 2 e 3 do artigo 77º do DL n.º 267/80, de 8 de Agosto, podem votar antecipadamente, junto das representações diplomáticas, consulares ou nas delegações externas dos Ministérios e instituições públicas portuguesas previamente definidas pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros, os seguintes eleitores recenseados na R.A. dos Açores e deslocados no estrangeiro:
a) Militares, agentes militarizados e civis integrados em operações de paz, cooperação técnico-militar ou equiparadas;

b) Médicos, enfermeiros e outros cidadãos integrados em missões humanitárias como tal reconhecidas pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros;
c) Investigadores e bolseiros em instituições universitárias ou equiparadas, como tal reconhecidas pelo Ministério competente;
d) Estudantes de escolas superiores, ao abrigo de programas de intercâmbio;
e) Membros integrantes de delegações oficiais do Estado e da Região Autónoma;
f) Os cidadãos eleitores cônjuges ou equiparados, parentes ou afins que vivam com os eleitores mencionados nas alíneas anteriores.

4. O voto antecipado dos eleitores mencionados no ponto 3 pode ser exercido entre o 12º e o 10º dias anteriores ao dia da eleição, isto é, de 4 a 6 de outubro.
Mais informações sobre as estas eleições regionais podem ser encontradas no sítio da Comissão Nacional de Eleições ou aqui
e aqui, sobre o exercício do direito de voto por antecipação, ou aqui:

O modo como se processa o exercício desse direito é o seguinte (artigo 81º do D.L 267/80, de 8 de agosto):

a) O eleitor indica o número de inscrição no recenseamento e identifica-se entregando o bilhete de identidade ou o cartão de cidadão e faz prova do impedimento invocado através de documento assinado pelo seu superior hierárquico, pela entidade patronal ou outro que comprove suficientemente a existência do impedimento ao normal exercício do direito de voto.

Na falta do bilhete de identidade ou de cartão de cidadão, a identificação faz-se por meio de qualquer outro documento oficial que contenha fotografia atualizada, ou através de dois cidadãos eleitores que atestem, sob compromisso de honra, a sua identidade (nº 2 do artigo 98º).

b) O funcionário diplomático entrega ao eleitor um boletim de voto, correspondente ao círculo eleitoral a que pertence o eleitor, e dois sobrescritos: um de cor branca que se destina a receber o boletim de voto, e outro de cor azul, para inserir o sobrescrito anterior. O eleitor preenche o boletim em condições que garantam o segredo de voto, dobra-o em quatro, introduzindo-o no sobrescrito de cor branca, que deve fechar adequadamente.

Em seguida, o sobrescrito de cor branca e o documento comprovativo do impedimento invocado são introduzidos no sobrescrito de cor azul, que deve ser fechado, lacrado e assinado no verso, de forma legível pelo funcionário diplomático e pelo eleitor.

c) O funcionário diplomático entrega ao eleitor recibo comprovativo do exercício do direito de voto, do qual conste o seu nome, residência, número do bilhete de identidade/cartão de cidadão e assembleia de voto a que pertence, bem como o respetivo número de inscrição no recenseamento, sendo o documento assinado pelo funcionário diplomático e autenticado com o carimbo ou selo branco do posto.

d) Deve o funcionário diplomático enviar, por correio seguro, o sobrescrito azul à mesa da assembleia em que o eleitor deveria exercer o direito de sufrágio, ao cuidado da respetiva Junta de Freguesia, impreterivelmente até ao 4º dia anterior ao da realização da eleição, dia 7 de outubro.

e) O funcionário diplomático elabora uma ata das operações efetuadas, nela mencionando expressamente o nome, o número de inscrição e a freguesia onde o eleitor se encontra inscrito, da qual deverá ser enviada cópia ao Presidente da Assembleia de Apuramento Geral, sita no Palácio dos Capitães Generais, 9701-902 Angra do Heroísmo.


September 16, 2016

O Cinema Português

O Consulado-Geral de Portugal informa que a exposição O Cinema Português / Portuguese Cinema se encontra patente na Galeria Almada Negreiros.

A exposição pode ser visitada de segunda a sexta-feira entre as 8h00 e as 14h00.

Organizada sob o alto patrocínio do Camões I.P., no âmbito do 2016 – Ano do Cinema Português, a exposição, composta de 22 placards, descreve a história do cinema português através de fotografias, artigos de imprensa e breves textos descritivos nas línguas portuguesa e inglesa.

No quadro da missão do Camões IP, esta mostra tem por objetivo reforçar o conhecimento do cinema português como vertente da cultura portuguesa e assim contribuir ativamente para a sua valorização e difusão no mundo.

Parlamento dos Jovens - Secundário


Parlamento dos Jovens - Básico


September 13, 2016

web summit



If you are planning on participating in the upcoming WEB SUMMIT and your nationality requires that you obtain a visa to enter the country, we urge you to contact this Consulate General as soon as possible.

WEB SUMMIT, Europe’s Largest Technology Marketplace, takes place in Lisbon, from November 7-10, 2016

Please click here for a Startup Guide to Lisbon



July 29, 2016

Parlamento dos Jovens 2016-2017



Decorre de 24 de agosto a 20 de outubro a fase de inscrição das escolas interessadas em participar no «Parlamento dos Jovens 2016-2017», uma iniciativa da Assembleia da República, em parceria com a Direção Geral dos Estabelecimentos Escolares – MEC, a DGACCP, o Instituto Português do Desporto e da Juventude e as Direções Regionais da Educação das Regiões Autónomas dos Açores e da Madeira.

O «Parlamento dos Jovens 2016-2017», tem como objetivos principais educar para a cidadania, estimulando o gosto pela participação cívica e política; dar a conhecer a AR; promover o debate democrático e incentivar o debate e a reflexão.

O programa culmina com a realização de duas sessões nacionais na Assembleia da República, uma destinada ao ensino básico e outra ao ensino secundário, cada com um tema próprio, este ano alusivos às comemorações dos 40 anos da Constituição:

- Ensino Básico: «Os jovens e a Constituição: tens uma palavra a dizer!»
- Ensino Secundário: «A Constituição que temos, a Constituição que queremos: desafios ao poder local.»

Esta iniciativa contempla igualmente os círculos eleitorais da Europa e Fora da Europa. As escolas e associações das comunidades portuguesas que ministrem cursos de língua e cultura portuguesas, se participantes de primeira vez, podem solicitar a sua inscrição enviando um e-mail para parlamento.jovens@ar.parlamento.pt (com conhecimento a emi@mne.pt), onde deve constar:

- a denominação da escola e respetivos contactos (localidade, círculo eleitoral, país, telefone, fax, e-mail e endereço postal);
- indicação da sessão nacional (básico ou secundário) em que a escola/associação se pretende inscrever;
- nome e contactos do professor coordenador (incluindo e-mail e/ou número de telemóvel, para situações de emergência apenas), e
- nome do membro da Direção da escola/associações responsável acompanhado do e-mail a usar para o envio da confirmação de inscrição.

Uma vez recebido, da parte da Assembleia da República, o código GEPE, os interessados terão acesso ao formulário de inscrição online, na página www.jovens.parlamento.pt. Recomenda-se que conservem aquele código e as orientações enviadas pela AR, pois poderão ser necessários para:

- verificar se a inscrição consta da página oficial;
- o envio de documentação após a sessão escolar, e
- outros procedimentos relacionados com a sessão nacional.

As escolas e associações das comunidades portuguesas que ministrem cursos de língua e cultura portuguesas, participantes de edições passadas, podem usar o código GEPE anteriormente atribuído e proceder à inscrição através do preenchimento de um formulário eletrónico que estará disponível em www.jovens.parlamento.pt. Caso não tenham conservado aquele código de registo deverão contactar com a AR através do e-mail parlamento.jovens@ar.parlamento.pt.

Os regulamentos e o calendário do programa, bem como a indicação de algumas pistas para abordagem dos temas para as duas sessões vão estar disponíveis, no início de setembro, na página www.jovens.parlamento.pt.

Conforme disponibilidade orçamental, as despesas com os transportes aéreos dos participantes (2 alunos e 1 professor) de uma escola do círculo da Europa e de uma escola do círculo de Fora da Europa, por cada sessão nacional (básico e secundário), serão asseguradas pela DGACCP (em regime de reembolso).

A estadia em Lisboa é assegurada pela Assembleia da República.


July 28, 2016

21ª Edição do Programa INOV Contacto





Encontram-se abertas as candidaturas para a 21ª Edição do Programa INOV Contacto, 2016/2017, iniciativa gerida pela aicep Portugal Global e cofinanciada pelo PO ISE – Programa Operacional da Integração Social e Emprego, Portugal 2020 e União Europeia, Fundo Social Europeu e Iniciativa Emprego Jovem.


O INOV Contacto é um programa de estágios profissionais feito em contexto internacional e é dirigido aos jovens com formação superior que tenham motivação para desenvolver uma carreira internacional e disponibilidade para viver no exterior. O domínio do inglês é requisito essencial.

As entidades e empresas que se candidatam para acolher os jovens estagiários são selecionadas atendendo ao seu reconhecido interesse e mérito nacional e/ou internacional. A vantagem destas instituições em receberem jovens estagiários do INOV Contacto traduz-se na possibilidade de receberem recursos humanos qualificados e de elevado potencial nos vários pontos do mundo em que se encontrem.

As inscrições estão abertas, para os jovens licenciados, até às 15h00 do dia 15 de setembro de 2016 e, para as entidades de acolhimento, prolongam-se até ao dia 30 do mês de setembro do mesmo ano.


As candidaturas são feitas exclusivamente on-line em www.inovcontacto.pt.

June 9, 2016

Mensagem do Senhor Embaixador de Portugal em Otava por ocasião do dia 10 de junho


Mensagem do SECP a propósito das comemorações do 10 de junho junto das Comunidades Portuguesas no estrangeiro

O Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas é um momento de comunhão de 15 milhões de pessoas ligadas pelo amor à pátria. Estima-se em mais de 5 milhões o número de portugueses e de luso-descendentes residentes no estrangeiro. A ligação com todas as comunidades é uma das linhas de força da nossa política externa. A distância não pode ser desculpa para qualquer tipo de exclusão.

As comunidades portuguesas são uma prova de que é possível combinar a integração bem-sucedida nas sociedades de acolhimento e a preservação de uma identidade própria e de ligações profundas com a sociedade de origem. Numa Europa tão dilacerada pela incapacidade de responder positivamente à crise das migrações, esta lição da emigração portuguesa deve ser valorizada.

A ligação de Portugal com as comunidades portuguesas no estrangeiro faz-se em vários planos. No plano político, através da participação eleitoral e da atividade dos eleitos, com destaque para os deputados à Assembleia da República que representam os círculos da emigração. No plano consular, dispomos de uma rede consular com 127 postos, distribuída por sete dezenas de países, em todos os continentes, e complementada por um conjunto de 230 consulados honorários ativos. No plano educativo, a ação do Instituto Camões abrange hoje duas redes de ensino português no estrangeiro, a rede oficial e a rede apoiada; no seu conjunto, elas estão implantadas em 17 países, envolvendo 815 professores e cerca de 68.000 alunos. No plano do apoio ao associativismo, o Estado subsidia as atividades e projetos de muitas associações, com destaque para as iniciativas de natureza cultural e social; e relaciona-se com todas as associações e redes que, na sua diversidade, representam o dinamismo das comunidades. Finalmente, no plano institucional, deve fazer-se especial menção ao Conselho das Comunidades Portuguesas e ao seu insubstituível papel de representação e consulta.

No cumprimento dos objetivos do XXI Governo Constitucional, na política para as Comunidades residentes no estrangeiro, temos apostado na promoção da participação eleitoral dos emigrantes, através de um trabalho que visa garantir a melhoria dos processos de recenseamento e das condições de exercício do direito de voto.

Outra das preocupações políticas é a reparação gradual das insuficiências mais críticas, designadamente em recursos humanos, da rede consular. O novo Sistema de Gestão Consular (eSGC) vai permitir uma maior simplificação e modernização dos serviços prestados aos cidadãos portugueses residentes no estrangeiro que permitirá um melhor e mais eficiente funcionamento da rede diplomática e consular.

Sempre presente na nossa ação política é o desenvolvimento do Ensino Português no Estrangeiro, nomeadamente através do incremento dos acordos de introdução da língua portuguesa como opção curricular dos sistemas de ensino de países com presença expressiva de luso-descendentes.

Estamos a implementar a generalização por todo o território nacional dos Gabinetes de Apoio ao Emigrante e do Gabinete de Apoio ao Investidor na Diáspora, que resultam da colaboração entre a Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas e as câmaras municipais.

Neste Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas temos consciência que os novos tempos exigem o reforço dos mecanismos de solidariedade e apoio às famílias mais carenciadas dos portugueses residentes no estrangeiro. Em simultâneo é fundamental incentivar à mobilização e integração das novas gerações de migrantes no mundo associativo português no estrangeiro, tendo também em atenção o papel dos jovens e das mulheres na nossa Diáspora.

O 10 de junho - Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas - é, o dia dos 15 milhões de Portugueses espalhados pelo mundo.

José Luís Carneiro, Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas 

June 8, 2016

EURO 2016



Clique aqui para descarregar o Folheto Informativo do Ministério dos Negócios Estrangeiros sobre o Euro 2016.


June 6, 2016

recordar é viver



O Consulado-Geral de Portugal em Toronto apresenta os seus atenciosos cumprimentos a toda a comunidade portuguesa e luso-canadiana do Ontário e convida-a para a abertura da exposição recordar é viver, da pintora MERCÊS RESENDES DOS REIS , na Galeria Almada Negreiros (438 University Ave, Suite 1400, Toronto), quinta-feira, dia 16 de junho de 2016, pelas 18:00 horas.
A mostra ficará patente ao público até 16 de julho de 2016.

Visualize aqui o convite.

Clique aqui, para informações adicionais sobre a artista.